PANELAS DE TEFLON e a morte de calopsitas


Politetrafluoretileno (PTFE)

O teflon (Politetrafluoretileno) que é um composto antiaderente é muito utilizado  devido a grande praticidade na limpeza e por dispensar o uso de gordura no preparo dos alimentos.
Ele é constituído por polímeros de fluorocarbono, especialmente o politetrafluoretileno (PTFE).

Em função ao teflon, os metais do material que constitui a panela não passam para o alimento enquanto o teflon estiver íntegro.

Altas temperaturas (acima de 260ºC ) por tempo prolongado podem danificar o teflon, comprometendo a INTEGRIDADE do revestimento e aumentando a chance de ter tanto o PTFE quanto o componente fluoreto transmitido aos alimentos ou ao AR na forma de gases TOXICOS.

Além disso, em temperaturas acima de 280ºC o PTFE sofre pirólise (é quando algo sofre degradação por ação de altas temperaturas) e libera, com essa degradação térmica, mais de 15 gases tóxicos, que ocasionam a morte de Calopsitas. Uma observação feita com um dono de 5 Calopsitas aonde as 5 faleceram após o dono ter utilizado sua panela de teflon pela primeira vez por mais que 2 horas para realização de uma fritura com temperatura elevada.

O próprio dono das calopsita passou mal após a primeira hora tendo se recuperado apenas 24 horas depois.


Outro relato de um de nossos clientes, foi da ave ter vindo a óbito poucos minutos depois da utilização de uma panela de teflon, usada na frituras de alimentos.O ácido Perfluorooctanico (PFOA) que também é liberado pelo teflon, é um produto considerado pela “US Environmental Protection Agency” como um possível carcinogênico e capaz de causar malformações congênitas em animais.


As panelas de teflon também liberam quantidades mínimas de benzeno nos alimentos, que não são consideradas muito tóxicas. Alguns cientistas acreditam que ocorra a sintetizaçao de aminas heterocíclicas que são compostos extremamente cancerígenos. Uma grande preocupação com as panelas de teflon é a ecológica. Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, descobriram que o teflon se corrompe quando atinge altas temperaturas no preparo dos alimentos liberando gases CFC, responsáveis pela destruição da camada de ozônio.

O efeito observado em baixas doses foi;
Ø Dispnéia
Ø Incoordenação
Ø Convulsão
Ø Fraqueza
Ø Chiado
Ø Depressão
Ø Comportamento ansioso

Medicacão e Tratamento:


Fale Conosco (11) 3431 11 08 Página www.CALOPSITASMANSAS.com.br


Para a intoxicação por TEFLON é recomendável;
Ø Ar Fresco imediatamente
Ø Administrar oxigênio
Ø Fluidoterapia
Ø Antibiotico e Corticóide ( somente com prescrição veterinária )
Ø Diurético leve


Apenas à título de conhecimento, os medicamentos que podem ajudar no caso de intoxicações podem ser ;

O MERCEPTRON que é um Metabólico Hepatoprotetor Imunoestimulante que possui enzimas que atuam para aliviar o fígado em casos de intoxicação.


O ENTEREX que é o carvão ativado, muito importante em casos de intoxicação por ingestão de toxinas, e pectina (ajuda a segurar diarreia.)


Dicas;
Existem panelas no mercado, mais modernas são revestidas de teflon II que utiliza o primer que é uma substância usada para ligar o teflon ao alumínio. O novo revestimento impede que o material passe para o alimento quando o teflon descasca.


Concluimos logo que a posse de uma Calopsita, nos remete a responsabilidade por sua  saúde e bem estar, e nós da equipe Calopsitas Mansas, nesses 19 Anos de criação,buscamos incessantemente conscientizar tanto nossos clientes e amigos, como aos futuros clientes sobre o correto manejo de suas Calopsitas Mansas.